Blog melhor visualizado no Mozilla Firefox!

02 dezembro 2010

Conheça a Fibra Óptica.

     A Fibra Óptica é um dos fenômenos da atualidade com transmissão de feixes de luzes a longa distâncias, é composto de um vidro muito fino, produzido com um material chamado sílica com um alto grau de pureza é envolvido por uma camada de sílica com um índice de refração mais baixo, que faz com que a luz seja transmitida pelo núcleo de fibra e refletida nas paredes internas do cabo, com isso, a transferência se torna mais confiável com um índice de perda pequeno.


Cabo de Fibra Óptica


      Os emissores de luz conhecidos como LED são transmitidos por diodos emissores de luz ou lasers semicondutores, o raio laser é mais eficiente, apesar de ter um custo bem elevado, não ocorre interferência permitindo uma transmissão entre o receptor e a transmissão. A fibra óptica pode proporcionar ligações ponto a ponto ou ligações multiponto, as interferências eletromagnéticas não prejudicam o tráfego da luz, a fibra óptica é imune a ruídos.

    A montagem de cabos de fibra óptica não é simples, pois tem que ser a mais precisa possível já que o aclopamento entre o cabo e a placa de rede é óptica e qualquer diferença no encaixe ocasiona problemas e as informações não serão transmitidas corretamente.

Tipos de Fibra Óptica:

Modo Múltiplo: Os cabos são mais grossos e a luz reflete mais de uma vez nas paredes da fibra realizando o efeito de dispersão  modal, fazendo com que os dados cheguem ao seu destino, onde o receptor terá que ter o trabalho de detectar a informação correta e não utilizar os sinais duplicados, com isso, quanto maior for o cabo, maior será o problema. As fibras de modo múltiplo se subdividem em dois tipos: com Índice Degrau e com Índice Gradual.

Fibra Monomodo: É um fundamento de distribuição magnética, evitando a propagação da luz dentro do núcleo, que diminui a dispersão do impulso luminoso, para isso é preciso que o diâmetro do núcleo seja maior que o comprimentoda onda da luz, é utilizada também a sílica pura e dopada que possui baixa atenuação e uma grande largura de banda. Possuem dimensões pequenas, dificultando a conectividade, as fibras reduzidas monomodo exigem o uso de dispositivos e técnicas de alta precisão para realizar conexões entre os segmentos de fibra e da conexão entre a fibra e as fontes luminosas. Há três maneiras de se obter a fibra monomodo:

• Reduzir o diametro do núcleo;
• Alterando a diferença de índice de refração;
• Aumentando o comprimento da onda da luz incidente;

Fibra Modo Único: São mais finas não se movimentam entre as paredes da fibra chegando ao receptor direto, esta fibra pode ter comprimento e desempenho maior que as fibras de múltiplo. Estas fibras são mais finas e, por isso, com isto a luz não percurte nas paredes da fibra chegando direto para o receptor. Ao percorrer a fibra em um só modo a luz evita que vários caminhos de propagação da luz, consequentemente diminui a dispersão do impulso luminoso, a desvantagem da fibra modo único é que é muito fina, o que torna dificil alinhar o feixe de luz que a placa de rede produz com a  fibra de transmissão onde a luz possa ser transmitida e alinhar a fibra de recepção com o receptor de luz de modo que a placa posssa receber as informações de maneira correta.

• Conector

    Os conectores ópticos têm a função de conectar a fibra óptica ao componente óptico. Este é um componente de extrema importância na rede, sendo que se for mau utilizado pode comprometer a confiabilidade do sistema. O conector mais usado em redes de fibra óptica é o ST (Straight Tip).

Conector ST.


        Este conector possui a desvantagem de que os dois conectores, de ambas as pontas, são iguais, portanto, devemos prestar muita atenção na hora de instalá-lo na placa de rede ou no dispositivo concentrador, de forma que não seja instalado um plug no lugar do outro. Apesar de o ST ser o mais utilizado, existem outros que também são muito usados. O conector MIC (Médium Interface Conector) que traz duas fibras presas em um mesmo conector, de forma que, ao instalar os conectores, um não ocupe o lugar do outro.

                                                   


      Um outro conector para cabos de fibra óptica é o VF-45, que só é encaixado numa única posição, impedindo assim a instalação de uma fibra no lugar de outra.

Conector VF-45.



2 comentários:

blog da união disse...

Post muito interessante


http://blog-da-uniao.blogspot.com

Zorb disse...

PT FIBRA VERDADE DA MENTIRA


http://pt-fibra-a-verdade-da-mentira.blogspot.com/

Postar um comentário

Comente sobre as minhas postagens, seu comentário é fundamental para a avaliação e divulgação das mesmas.

Por favor:
• Não utilize palavrões;
• Não divulgue sites, blogs, produtos, marcas ...
O não comprimento das regras eliminará o comentário.